LIGAÇÃO (2017)

MOVS (Prod. Lhast)

CREDITOS:

Escrito e interpretado: Kappa Jotta

Instrumental: Lhast

Adds: Here’s Johnny

———————————————————

Nem todos estão a par dos movs 

Vou pôr os kids a brindar e a comandar o groove

Vocês não são fat flow, vocês são só fast food

One Man Show, ninguém pise os white shoes

Querias classe topa

Que não estás na minha classe tropa

A vida passa num flash dropa

Esta é a minha vida em frases foca

O futuro mas retina desfoca 

O que a rotina sofoca

E te reprime onde a auto-estima te coloca

A vida ensina destroça 

Mas nunca condiciona um louco ou um lobo a sair da toca

Kappa no compasso é bruxaria

Continuo o mesmo Kappa da guerrilha

Na mesma rua que me cria, 

Dia e noite estou trancado com os leões 

Na mesma correria 

Achavam que eu não vingaria, 

Fizeram voodos e bruxaria

Pensavam que eu desistia 

Como se eu algum dia liga-se a opiniões 

O sonho comanda a vida então é um sinal

Temos saúde falta money vamos gerá-lo

…vamos gerá-lo

Quando envelope vem manda contá-lo

Sa foda todo aquele que só vê cash em mim

Arte flow, é verdade eu tenho cash em mim

Estou com picas, estou com tropas 

Estou com a wife a contar notas 

acompanhado com uma garrafa de Henessy

Enquanto estás a falar mal boy eu estou no hotel 

Churrasco lá no bairro tipo estou no hotel

Pergunta por mim na zona dizem que estou no hotel

Queres outro tipo de mensagem boy carrega o móvel

Isto é só rap bro e eu vim pegar o control

Trap ou Boom bap, yo ferve a febre do jogo

Álbum novo yup, estava a compo-lo 

Não te armes com garrafas que o Big mata num gole

Paca não trás carácter, aumenta a merda do som  

Ponho, pussys a pingar do carter,

Até a minha wife estar a pausar com um vison

Viagens ao bass line, estamos no red line

Queres que fale do quê? falo daquilo que um gajo vê 

Como não falar de cashet se fiz disto um full time 

Transparente desde inicio 

Tortura a mente é exercício

A mesma rua mesmo sítio

O mesmo Kappa o mesmo vicio

Nada é vitalício 

Evita o vicio 

Desculpa eu disse-o 

mas o indício indicia o sacrifício 

Quando o que amas passa por contar traumas e dramas 

voltares a descer á lama e voltares a subir o precipício 

Kappa é fumo no comício (4x)

Hustle (Prod. Reis)

Dá-me um palco e um microfone,
Estou com a família no Hustle e ninguem vai passar fome,
Sonhos concretizados real soldier nunca dorme,
Welcome to Cascais Village Linha C no uniforme,

Amizades lembradas almas são estampadas em t-shirts,
Tropas a bazar acredita meu tropa já vi tantos,
Prova que comprova na vida não dá pa fazer planos,
Não tens noção do que as ruas te fazem por tirantes

Todos querem money quick homie,
Até ficar rico sem dormir só a bulir tipo zombie,
Se não der certo tou na mesma team de ontem,
A street tem demasiada vida para eu me sentir lonely.

Sou de noventa não faças confusões,
Queres tentar tenta vais acabar em confissões,
Kappa no palco ta sujeito as condições,
Money cash vivo com respeito fala-me em cifrões,

————————————————
Se música não der certo eu vou ter de voltar para o inferno,
O fumo é turvo desfoco o mundo para ver se acerto,
Dou passos no escuro directo ao futuro e o que observo,
Lágrimas deixadas páginas queimadas de um livro aberto (2x)

Por enquanto enquanto eu estou no Hustle (4x)
———————————————
Que agora o Kappa passa e eu vejo gossip,
Tou na rua criar clássicos tipo Mobb Deep,
Sem sensura deixa os falar que é dopping,
Tou na net tipo febre sem um login.

Bem vindo aos new times,
Rap life a pagar contas com dope rhymes
Linha C somos West Side,
Fresh a fazer cash com new vibes,

Que agora é vivermos os sonhos e acordarmos dos pesadelos,
Há muito olho gordo e aqui não podes dormir para vivê-los

Dá-me o light acende o pombo,
Ate lá não chono até lá eu somo,
Pilim pilim até se gostar eu compro,
Que eu só paro com carro e vivenda paga a pronto.

————————————————
Se música não der certo eu vou ter de voltar para o inferno,
O fumo é turvo desfoco o mundo para ver se acerto,
Dou passos no escuro directo ao futuro e o que observo,
Lágrimas deixadas páginas queimadas de um livro aberto (2x)

Por enquanto enquanto eu estou no Hustle (4x)

Agora ou Nunca (Prod. Niko Bsk)

CREDITOS:
Escrito e interpretado: Kappa Jotta
Instrumental: Niko Bsk
Adds: Here’s Johnny & Khapo

———————————————————
Faz agora uma semana que eu não vejo a minha filha
O ver o pai é sua chama
Eu estou na estrada a ver o drama
Desta rua nos cria

Desculpa o pai se não te vê todos os dias
Ando a tentar fazer pela vida
Para quando cresceres teres
Felicidade condições estabilidade
Numa Casa de família

Toda a gente liga a perguntar pela cria
´Yup está bem mas não está como eu queria
Tu dá-me o mic eu dou-lhe vida
Dizem Kappa dispara e o Kappa tem boa pontaria

Eu corro atrás e se eu pudesse voltar atrás
Acredita não seria este o caminho que eu seguia
Eu corro atrás e se eu pudesse voltar atrás
Acredita não seria este o caminho que eu seguia

Rap ou venda de narcóticos
Fazem te ir ao fundo mexem-te com o psicológico
O tempo conta no relógio
Não dá para voltar atrás por mais que o erro seja óbvio

Curtia ter um full-time
Mas já nem me sinto bem no bules, rhymes
Tornaram-se na minha life desde que deixei de paiar times
A cota disse estuda ou vais para os andaimes

Nah, prefiro a vida do grind Mama
Vírus no papiro eu sou West Side Mama
Yo rap life drama
E se algo grave acontecer filha lembra-te que o papá te ama

Sinto-me pronto a fazer shit a sério
Cada vez mais sick e sem remédio
Alma num Beat money quick sério
Estamos na street a criar um Império
Que
———————————————-
Este é o agora ou nunca
Sem tempo para muita pergunta
Respondo ao essencial e a resposta habitual
Mãe é muita merda junta
Este é o agora ou nunca
Sem tempo para muita pergunta
Respondo ao essencial e a resposta habitual
Mãe é muita merda junta

Mãe é muita merda junta (4x)

————————————————
E pouco que eu durmo não são insónias
É excesso de fumo são paranóias
O reflexo é turvo entre jibóias
É excesso de fumo são paranóias

E pouco que eu durmo não são insónias
É excesso de fumo são paranóias
O reflexo é turvo entre jibóias
É excesso de fumo são paranóias
———————————————-

Mãe é muita merda junta (4x)
————————————————

Quarta Estação (Prod. Lhast)

CREDITOS:
Escrito e interpretado: Kappa Jotta
Instrumental: Lhast
Adds: Here’s Johnny

———————————————————
Aqui nascidos aqui criados
Aqui patrões aqui criados
————————————————
Bem vindo á quarta estação dos comboios
Onde me vias a dançar com demónios
Segundas vias foram dadas como códigos
Bases do que havia eram bases do que é óbvio
(2x)
————————————————
Aqui nascidos aqui criados, aqui patrões aqui criados
Mulheres tornam-se soldados, várias nações juntos e misturados
Só tu a tua mãe e os teus irmãos, filho de pais separados
Tens mais do que uma opção, rap ou crime organizado

Vi manos irem para o caixão, para sempre relembrados
Vi manos irem para prisão, firmeza para meus soldados
Vi tantos na alta rotação a saírem derrotados
Outros na tentação da multiplicação de ordenados

De cana uns quantos por roubo de ouro tirantes
Diz me quantos e quantos é que foram injustiçados
Uns emigrados a anos voltam reformados dantes
Motas de cross agora jantes em carros equipados

…Este é o mesmo panorama
Prédios com 8 casas 5 fechadas pela câmara
24 horas no drama, 24 horas na esquina
Esperança e droga na balança ganha sempre a cocaína

É o redline qualquer fonte de Money é bem vinda
Trabalho é part time pá quem procura outra saída
Piranhas e cobras karma cobra e não te avisa
Cada um no seu canto cão que não morde não se atiça!
————————————————
Bem vindo á quarta estação dos comboios
Onde me vias a dançar com demónios
Segundas vias foram dadas como códigos
Bases do que havia eram bases do que é óbvio
(2x)
————————————————
Já viste a praia e a bela vista
Então vem ver a outra metade
Sai da marginal e vem por cima
Bem vindo á nossa realidade

Não julgues ninguém pelo aspecto
Não sabes o que escondem as paredes que suportam aquele tecto
Há quem tenham muito mas nunca teve o afecto
Postura não se compra revela-se no intelecto

Pancadaria no recinto, mais um marido espanca mulher no cúbico
São 4 da manhã ouvem se tiros seguidos de gritos vindos de um bar mas é tarde acabaram os conflitos

Por aqui mamas também choram pelos filhos
Traumas e dramas ensinaram maus caminhos
Que para teres uns novos pisos tens novos estudos de mercado
Que dreads com estudos superiores estão a bulir em supermercados

Na rua tudo se torna pratico
Quando x-actos são dados para acertos como material didáctico
O clima é tenso e pode mudar muito rápido
Há quem viva para ter tudo e acaba sem ter o básico

Arrisca a vida o futuro é o tudo ou nada
Placa á fatia na esquina com um pé de cabra
Para paiar brita cozida ou crua pága
Faca na meia queres inteira meia ou quarta
De quarta para quinta segura assegura de domingo a segunda que a vida é dura e podes contraria-lá
Basta que a paca surja paca é paca limpa ou suja há muito intruja que te vai querer intruja-lá
Hey
————————————————
Bem vindo á quarta estação dos comboios
Onde me vias a dançar com demónios
Segundas vias foram dadas como códigos
Bases do que havia eram bases do que é óbvio
(2x)
————————————————

Fumar os Vidros (Prod. Dj Big)

CREDITOS:
Escrito e interpretado: Kappa Jotta
Instrumental: Dj Big
Adds: Khapo

———————————————————

Outros mundos só para os mais vivos
Uns seguem outro rumo outros caminhos
Cada um com o seu groove
Agora é prego a fundo
Fazer fumo até fumar os vidros

Outros mundos só para os mais vivos
Uns seguem outro rumo outros caminhos
Cada um com o seu groove
Agora é prego a fundo
Fazer fumo até fumar os vidros
Até fumar os vidros
Até fumar os vidros
Até fumar os vidros
Até fumar os vidros
———————————————
Bem-vindos á sauna
Eleva a tua mente liberta-te dos teus traumas
Vinte e tal manos com vinte e tal anos
Cumprem anos em jaulas
O tempo vem cobra-las trás temporal nas
Almas mais puras que as ruas mais sujas te ensinaram a ensina-las

Diversos ramos se por acaso falas de money
Diversos planos para levar uma vida funny
Dar condições e manos á minha little monkey
Mas não está a dar aqui há muito drama mami

Querem pôr a pata na paca do kappa
Os mesmos que disseram que nunca iria ser nada
Quanto é que o kappa está a sacar por data
Se for real talk entra no deal e paga

Que eu estou a deixar rappers em coma
Pneu queima até saltar a goma
São só griffs em soma
Babis estão fixos na ronda

400 manos gritam Kappa e o Kappa fechado na ramona
Estamos de volta ao Hardclub mil manos a gritam minha zona

Linha C warrios,
Os mesmo soldados em derrotas e vitórias
Diferentes histórias em diferentes perspectivas
Atitudes simbólicas dão luz a tua vida

Informação quanto menos tu souberes melhor
Ganha noção q um clima calmo pode se tornar hard core
Que? Hard core, yup hard core
Pouco fica muito corre
Mente viva ou gente morre em

———————————————–
Outros mundos só para os mais vivos
Uns seguem outro rumo outros caminhos
Cada um com o seu groove
Agora é prego a fundo
Fazer fumo até fumar os vidros

Outros mundos só para os mais vivos
Uns seguem outro rumo outros caminhos
Cada um com o seu groove
Agora é prego a fundo
Fazer fumo até fumar os vidros
Até fumar os vidros
Até fumar os vidros
Até fumar os vidros
Até fumar os vidros
———————————————

Kappa é vírus códigos de uma vivência
Conseguimos aos poucos sonhos são certezas
Violência presente na adolescência
Bati no fundo ao ver o meu irmão…

Faz-te perder os sentidos tudo trás consequências
Quando bases são fumadas por alívio a consciência
Entre brigas e desacatos
Encontro marcado eram quinze warriors para quatro

Acabaram encostados na parede
todos querem ser dealons negócio do tráfico em rede
O trabalho é ocasional tudo a recibo verde
Aqui manos não vacilam tiram teimas no tapete

É exigido respeito de uma ou de outra maneira
Então cresci ensinado a respeitar quem respeita
Não interessa quem tu és sejas quem tu sejas
Conflitos são resolvidos com garrafas de cerveja

Sucesso é relativo nem todos o conseguem
Progresso é um processo intensivo que nem todos se submetem
Cedo tens de ser um homem para que problemas não te afectem
Que é com outras borboletas que aqui putos se divertem

Quando o pai já não tem bules
A cota vai de cana encara de frente o drama para paiar kuza na school
A noite evita a luz, a procura do luxo
A puxar lume com os do costume 5 manos de capucho em
———————————————–
Outros mundos só para os mais vivos
Uns seguem outro rumo outros caminhos
Cada um com o seu groove
Agora é prego a fundo
Fazer fumo até fumar os vidros

Outros mundos só para os mais vivos
Uns seguem outro rumo outros caminhos
Cada um com o seu groove
Agora é prego a fundo
Fazer fumo até fumar os vidros
Até fumar os vidros
Até fumar os vidros
Até fumar os vidros
Até fumar os vidros
———————————————

Tanto Por Dizer (Prod. Charlie)

CREDITOS:
Escrito e interpretado: Kappa Jotta
Instrumental: Charlie Beats
Saxofone: Tiago Vigia
Adds: Here’s Johnny

———————————————————
Deste me só um minuto, não dá pra dizer tudo
O que senti nah nah nah nah
As poucas noites que eu durmo assume-se o ciúme
Ainda assim sinto o teu perfume em mim (2x)

Esta é a carta que nunca te escrevi (4x)
————————————————
Eu queria estar contigo mas
Fui traído pelos meus traumas
Era um caminho para estar nas
Nuvens contigo dançar por melodias calmas

Chega mais perto apaga o cigarro
No cinzeiro cheio como um copo que é pousado
No livro que leio devolve o beijo roubado
Deixa de lado o receio para ficar o recado

Deixado na mesa redonda a meio da sala de estar
Conta-me os teus segredos focados num só olhar
As mãos revelam os medos sem termos de falar
Os dedos dizem que me amas e pedem me para ficar

Mas agora estás tão longe
O móvel toca repetidamente e ainda não ligas-te hoje
Desculpa se fiz com que chorasses
Tu mesmo assim ainda juras-te

Que íamos quebrar as regras, vamos esquecer a norma
Por voltas que a vida dê, é difícil vê lá de outra forma
Então segue a contradição é tentação que trás de volta
A emoção ou a paixão numa atração só nossa

E quando eu me for embora lembra-te que foi para teu bem
Quando eu bater com a porta é por não estar a bater bem
E não esperes o meu regresso
Eu sei que não parece mas sem ti eu fico bem
———————————————
Deste me só um minuto, não dá para dizer tudo
O que senti nah nah nah nah
As poucas noites que eu durmo assume se o ciúme
Ainda assim sinto o teu perfume em mim (2x)

Esta é a carta que nunca te escrevi (4x)
———————————————
Ficou tanto por dizer, Ficou tanto por dizer
Ficou tanto por dizer, Ficou tanto por dizer
Ficou tanto por dizer, Ficou tanto por dizer
Ficou tanto por dizer,
Não deixas nada por dizer
———————————————
Deste me só um minuto, não dá para dizer tudo
O que senti nah nah nah nah
As poucas noites que eu durmo assume se o ciúme
Ainda assim sinto o teu perfume em mim (2x)

Esta é a carta que nunca te escrevi (4x)
———————————————

Brincas (Prod. Lhast)

CREDITOS:
Escrito e interpretado: Kappa Jotta
Instrumental: Lhast

————————————————————————-
Refrão
————————————————-
Cuidado se a onda te apanha
Cuidado se a onda te apanha
Olha que o mar tem turbilhões para nadares com os tubarões
Tens de passar muita piranha

A quem me ame e quem me odeia
Estou a gostar de vê-los
Lhast estou a desmontar merdas sem sequer ter fazer um som pá eles

Depois do vírus quero te ver a falar no fast
Boom bap ou Trap quero te ver a falar do meu rap
Estou a abanar o game sem convite ou sound check
A maioria é wack Dj, matam-se a solo num sound clash

Desde palcos com feedback a ter bom feedback do público
E mesmo sem ninguém na back só família para por tudo impec
Andar a vender packs desde o tempo da escola para montar estúdio

Agora quero um bom cribs com garden
3 quartos varanda bom cribs com garden
Quem me ama no meu garden
Que eu estou a matar merdas são só erva no meu grinder

Casa com mais divisões só cifrões
Quem os tem diz que o mundo é um parque de diversões
Vírus em contrafacções, consequência das ações
praticadas quanto captas demasiadas atenções
Vê as intenções de com quem tens interações

Tira conclusões basta um piscar de olhos para teres de provar que tens colhões
Yup yup ou tens muita fé ou então não sais
Apanha o primeiro comboio sentido Cais-Do-Sodré Cascais
Fim de semana hora de ponta
Cinco e meia da manhã mais um turno acaba em coma

————————————————-
Aqui ninguém está ao brincas
Tu leva A Firma a sério
Money talk about Business
Sem deixar whitness no prédio (4x)
————————————————-
Aqui ninguém está ao brincas (4x)

Pela Cidade (Prod. Lhast & Slow J)

CRÉDITOS:
Escrito e interpretado: Kappa Jotta
Instrumental: Lhast & SlowJ

————————————————————————-
Querias-me perto mas estás longe,
Baby liga só mais hoje,
Querias-me perto mas estás longe,
Baby liga só mais hoje,

Linda a pele que apela à mente
Brilho nos olhos revela a mente,
Acende a wella com a vela que faz com que ela aumente,
O volume do som quando a temperatura é quente
dois copos de vinho bom a criar um bom ambiente

Que ela tem a atitude certa,
Agora é levá-la à altitude certa,
Na altitude certa,
À noite mentes puras são perversas.
———————————————–
E agora eu sei
Que te fazes difícil mas queres tanto como eu,
e agora eu sei
Que nada é impossível e eu canto só para dizer adeus,
Sim eu chorei
Desculpa o que aconteceu
Desculpa o que aconteceu
Desculpa o que aconteceu .
————————————————
Não sei queres que baze ou se queres que fique
Se o móvel está desligado liga para fixo,
Não me venhas dizer que eu complico
(Estou) Estou a tentar ter uma conversa contigo,

Mas parece que já não dá para falar a bem
Rapidamente vamos de zero a cem,
Éramos tudo, agora somos ninguém
Beijo na testa e fica bem.
————————————————-
E quando eu estiver a ir embora pede me para ficar
Diz foi da boca fora pede-me para ficar
Sei que está na hora, pede-me para ficar
Se é o sonho que nos acorda giramos pela cidade
(2x)

E agora eu sei
Que te fazes difícil mas queres tanto como eu,
e agora eu sei
Que nada é impossível e eu canto só para dizer adeus,
Sim eu chorei
Desculpa o que aconteceu
Desculpa o que aconteceu
Desculpa o que aconteceu .
————————————————

Não temos de ir a Roma para dar em romance
vamos pedir a Lisboa uma segunda chance,
ambos sabemos que nada volta a ser como era dantes
E não há volta a dar quando já amamos tanto.

Agarra-me e diz me não quero que vás
Se não sei o que dizer amor tanto faz,
Para tudo aquilo que um problema traz
Quando já nem um telefonema dás

Querias-me perto mas estás longe
Baby liga só mais hoje
Querias-me perto mas estás longe
Baby liga só mais hoje

Dá-me só mais uma noite
(4x)
————————————————-
E quando eu estiver a ir embora pede me para ficar
Diz foi da boca fora pede me para ficar
Sei que está na hora, pede me para ficar
Se é o sonho que nos acorda giramos pela cidade
(2x)

E agora eu sei
Que te fazes difícil mas queres tanto como eu
E agora eu sei
Que nada é impossível e eu canto só para dizer adeus
Sim eu chorei
Desculpa o que aconteceu
Desculpa o que aconteceu
Desculpa o que aconteceu
————————————————
Dá-me só mais uma noite
(4x)

Chama (Prod. Reis)

Ela é sensível e sensual sem querer evidencia-lo
Sedução visual num jogo sem querer vicia-lo
É como se eu visse mal e queria ver maldade em tudo
Ya malvado o mundo quando a essência te foge ao habitual
Desculpa tou viciado em ti
Será que há pecado em mim?
Yap na mente custa sempre ter que afirmá-lo
Dar conta que afinal o contacto é mais casual
E no final das contas a intenção foi um toque gestual

Foi que falámos em silêncio
O teu olhar o meu delírio
És só mais fogo num incêndio
Que mergulha no teu intimo
O amor é veneno que transforma que te dá forma que é um vicio
Que te transtorna e que retorna que dá a volta e raramente volta ao inicio

Sonhamos a par com um trio, agora é só vazio
E o espaço que idealizamos já só é uma casa no rossio
Da tentação à atracão na cabeça eu vi o
Tempo a passar de uma incerteza a uma renda e um senhorio
Sentados no terraço a envelhecer a ver o por do sol
Que os putos que sonhavas querem brincar às escondidas com um lençol
Viver em prol um do outro e noutro dia um bom dia acaba sempre em discussão no call
Em que se a chamada cai eu ligo
Se a lágrima cai eu limpo
Princesa a nossa história dava um livro
Que ficou em cima da mesa por nenhum de nós ter lido

Será que ainda ligas pa saber se ainda chama
Pois deixas te alguém sem saber se ainda há xama
E acabamos sempre os dois na mema cama (2x)

Será que ainda ligas pa saber se ainda chama
Pois deixas te alguém sem saber se ainda há xama
E acabamos sempre os dois na mema cama (2x)

Se ainda chama (3x)
Se ainda há chama entre nós
Ainda há chama entre nós (3x)

Agora tou sozinho no memu spot no memu lote
Só que não sinto o teu sabor
Há espera que o móvel toque
Um copo de vinho ou licor
Traço desenhos do teu corpo
Exponho o sonho que tivemos que foi tão difícil compor
Sentado no memu quarto a ouvir loops em replay
A ver que a minha princesa já não quer que eu seja o seu rei
Nem respondes às chamadas deixadas no voice mail
E o pra sempre no presente é só um ”então ta tudo bem”
Porque o orgulho é superior à saudade
Sem nos apercebermos vamos perdendo com a idade
O tempo não volta ”ok” ninguem leu o livro ”ok”
Porque para mim sempre foi mais importante amar-te
Então se a chamada cai eu ligo
Se a lágrima cai eu limpo
Princesa a nossa história dava um livro(2x)

Será que ainda ligas pa saber se ainda chama
Pois deixas te alguém sem saber se ainda há xama
E acabamos sempre os dois na mema cama (2x)

Será que ainda ligas pa saber se ainda chama
Pois deixas te alguém sem saber se ainda há xama
E acabamos sempre os dois na mema cama (2x)

Se ainda chama (3x)
Se ainda há chama entre nós
Ainda há chama entre nós (3x)

Homie (Prod. Holly)

CREDITOS:
Escrito e interpretado: Kappa Jotta
Instrumental: Holly
Adds: Khapo & Heres Johnny

———————————————————
Tava na shit sem ver as evidências
Histórias com reticências
3 irmãos cleans um a colher consequências
Agora Mami está fixe com uma nova residência

Quando a depressão e o álcool vem na sequência
É complicado equilibrar a balança
Cinco bocas a comer de um ordenado é sobrevivência
Ver tudo a sair de casa em penhoras das finanças

É com o demónio que tu danças
Pois é ele que te seduz
Só afastas quem mais amas,
Só acende a chama quando apaga a luz
É com o demónio que tu danças
Pois é ele que te seduz
Só afastas quem mais amas
Só acende a chama quando apaga a luz

Então reduz a velocidade na manobra
Fica atento o tempo cobra
Baby desculpa se passo tanto tempo fora
Um dia tudo muda e deito tudo cá para fora

Fazer um disco é um risco complexo
Eu fiz um vírus se tu ouvires percebes
Tentar e não conseguir não é derrota é progresso
Na vida só fracassa quem procura o sucesso
Então
————————————————
Sa fuck everybody homie
Snitches são bitchs querem party only
O Reis disse yeah we got you homie
Dreams são live acts everybody know me

Sa fuck everybody homie
Snitches são bitchs querem party only
O Tepz disse yeah we got you homie
Dreams são live acts everybody know me

Sa fuck everybody homie
Snitches são bitchs querem party only
O Tchicken disse yeah we got you homie
Dreams são live acts everybody know me

Sa fuck everybody homie
Snitches são bitchs querem party only
A zona disse yeah we got you homie
Dreams são live acts everybody know me
————————————————

Era só um puto a querer viver do rap bro
Viver do rap bro
Família no jacuzzi do hotel não é cash dope
Disseram que era impossível pergunta ao Big o que é que é cash flow

Yo big que é que é cash flow?
Nah pergunta ao Cheezy que é que é cash flow?
Money fast á pála do rap yo
Se há para um há para todos phats low
Profile como se não houvesse dor

Um gajo contenta-se com pouco
Porque o pouco vive, vive livre como um louco
De nada te vale ser rico se o teu espírito está morto
Frisa a quem te motiva que a vida não dá troco

Quero a Carminho no conforto, no meu forte
Fazer o caminho com foco, noutro lote
A minha princesa num bom both
Com mesa marcada num rooftoop

Piscina na vivenda e o dog que tanto querias
A vida que um médico recomendaria a quem se reformaria
Holidays, a apreciar a estadia
Fazer num mês o que num ano um gajo não fazia

Boas quantias em money clean
A segurar a reforma Mami eu prometi não voltar para o crime
Agora estou no stage tipo que estou nos states a fumar weed
Porque não existe ninguém capaz de vir a matar os meus dreams
Então eu disse
————————————————
Sa fuck everybody homie
Snitches são bitchs querem party only
O Reis disse yeah we got you homie
Dreams são live acts everybody know me

Sa fuck everybody homie
Snitches são bitchs querem party only
O Tepz disse yeah we got you homie
Dreams são live acts everybody know me

Sa fuck everybody homie
Snitches são bitchs querem party only
O Tchicken disse yeah we got you homie
Dreams são live acts everybody know me

Sa fuck everybody homie
Snitches são bitchs querem party only
A zona disse yeah we got you homie
Dreams são live acts everybody know me

Overdose (Prod. Khapo)

CREDITOS:
Escrito e interpretado: Kappa Jotta & Khapo
Instrumental: Khapo

———————————————————
Meu tropa buli, calei e comi
Concorrência agente cala, chama-me ‘Bully’
Olha que o pula vive rap chegue para senti-lo para fazê-lo
Basta canhão e caderno para quebrar o gelo

Aqui é pesadelo e eu só vi metade
Rumos perigosos paca suja nunca quis só um bocado
Não me tenhas na tua boca se não conheces um gajo
Que eu já tenho a voz rouca de dizer para falar baixo

Meu brain é dope o meu rap é droga
Tenta perguntar por nós vão dizer que é foda
Eu trago raiva para o Mic para não mando-lo em ti
Ou achas que eu fiquei normal com a merda toda que eu já vi

Khapote, é branca pura sem corte
Agarra até aos ossos, mas nunca trouxe a sorte
Alta voltagem pouco que importe
Capta com a retina em excesso acabas em overdose
———————————————–
OVERDOSE
OVERDOSE
OVERDOSE
OVERDOSE
———————————————–
Senti o feeling, yo Big really, Khapote lyrics
Rap killing para mandar a baixo o building
Deixei o dealing fiz disto living
Viver a life como o live act de um gajo que anda a soltar a alma em algo rítmico

Trago algo bíblico, clássico físico
Bater na rua como um ácido ou outro químico
Entrei nem fiz o login people diz que estou em doping
Espelhar mensagem nas ruas a onde o rap se exprime

Tu sobe os estores abre cortina para ver
Luxo puxa paca suja é paca limpa a render
Aqui na linha C não há rei não há boss
Há som para te pôr a vibrar até a coluna distorce

Quando o momento é propício aumenta o volume do both
Enquanto isso eu ando a ver se aumento o volume do cofre
Kappa é, quem trás rimas de outro porte
Ser ter nada a ver com horse mas se abusas overdose
———————————————–
OVERDOSE
OVERDOSE
OVERDOSE
OVERDOSE

Amanhã (Prod. Reis)

CREDITOS:
Escrito e interpretado: Kappa Jotta & Gson
Instrumental: Reis
Baixo: Nuno Madaleno
Saxofone: Paulo Gravato

———————————————————

Mensagens eram constantes, guardadas num telemóvel antigo
Fotos somam instantes, uma vela duas taças de vinho
Momentos contagiantes, como páginas de um livro
Revelam como era dantes, slides mostram sorrisos
Agora desconhecidos vivos mas mortos por dentro
Vivendo ambos esquecidos que vives e morres com o tempo
Amanhã pode ser tarde para vivermos este momento
Que se torna frio como um final de tarde em Setembro

Atrasa o relógio fica mais um pouco
Não faças o que é lógico segue o teu corpo
Dá-me uma hora antes de te ires embora
Para te dar a prova de que eu estou pronto…

E lá estou eu no mesmo sítio
Com a mesma marca de cigarros
As mesmas caras do início
A mesma paragem de autocarros
Eu tento de novo mas está desligado
E quando atende é para anular o contrato
Vitalício num dia jurado
E penhorar o anel que nunca foi comprado

Jogado como um dado o empenho que foi dado
Eu tenho mudado e tenho moldado
Palavras que tenho gasto
Vais sem deixar rasto
Deixas te um sabor amargo em mim

Quando dizes deixa-me
não é amor mas deseja-me
Desculpa eu disse deixa-me
Mas em vez disso beija-me
Só pá manter o contacto
———————————————–
Eu sei que te disseste que assim não ia dar
Eu sei que te disseste para esquecer de ter saudades
Então segue o que te disseste transforma nos em passado
Ou então vem á procura de mais e mais e mais
Eu sei que te disseste que assim não ia dar
Eu sei que te disseste para esquecer de ter saudades
Então segue o que te disseste transforma nos em passado
Ou então vem á procura de mais e mais e mais

E amanhã vai dar certo,
Mais e mais e maia
Porque amanhã vai dar certo
Então vem a procura de mais e mais e mais
———————————————————————

Nem sempre dá certo
E do retrocesso ao processo é nulo
Que um olhar diz tudo,
Quebras o acesso sei que o que é complexo acaba a ser confuso

Davas tudo para mudar o mundo,
Mas no fundo sabes que nada vai mudar
Porque a vida dá voltas
E a tua vida ainda tem tantas voltas para dar

Muda-te a ti própria não sejas mais uma cópia
Que a sociedade estará pronta para moldar
Então mais um jovem parte em busca da felicidade fora,
E muito jovem fica cá para contar
Uma história, de um warrior
que viu ir embora quem queria cá ficar
Mas a vida ganhou outra trajectória
Agora sobra memória para mais tarde poder vir a recordar

O que não foi mas podia ter sido
Ficou só um até depois depois de teres partido
Existem duas versões
Razão têm os dois
Pergunta aos teus botões se fará sentido
Asentar um bocado
Asentar o recado
Acertar o errado contigo
Virar o mundo ao contrário
Fazer o necessário
Para o prioritário mudar de sentido

Ou então dá-me um motivo para bater com a porta
Pede-me para ficar por favor implora
Mas pelos vistos estás com pressa para ir embora
Dantes era só conversa agora tens malas á porta

Só vais dar valor quando te deixar ir
Sentirás falta do calor quando não estiver aqui
Não sei se é isto que é suposto sentir
Se nunca hás de ser nada comigo
Prefiro ser nada sem ti
———————————————–
Eu sei que te disseste que assim não ia dar
Eu sei que te disseste para esquecer de ter saudades
Então segue o que te disseste transforma nos em passado
Ou então vem á procura de mais e mais e mais
Eu sei que te disseste que assim não ia dar
Eu sei que te disseste para esquecer de ter saudades
Então segue o que te disseste transforma nos em passado
Ou então vem á procura de mais e mais e mais

E amanhã vai dar certo,
Mais e mais e maia
Porque amanhã vai dar certo
Então vem a procura de mais e mais e mais
———————————————-

Atrás do Mesmo feat. Factuz (Prod. Niko Bsk)

CREDITOS:
Escrito e interpretado: Kappa Jotta & Factuz
Instrumental: Niko Bsk
Adds: Here’s Johnny & Khapo

———————————————————

Na zona anda tudo atras do mesmo, Money Money Money
Na zona anda tudo atrás do mesmo, Money Money Money
Na zona anda tudo atras do mesmo, Money Money Money
Na zona anda tudo atrás do mesmo, Money Money Money
——————————————-
Na zona anda tudo atrás do mesmo
Nada é cor de rosa aqui cobras venenosas morrem com o próprio veneno
Querem ver o Kappa fique maniento
Fica a espera enquanto eu corro Atrás do Money Money como maníaco

Traduz isso no meu hype
Sozinho para pôr os meus a viver e sem um co-sign
Havemos de estar ricos boy como nos old times
Não de vender riscos mas discos de dope rhymes

Peles estão no êxtase e nem extasy
Colam no bass para criar empaty
Sa foda a legacy toda a gente fazer parte da company
Não vim fazer amigos quando nos vêm como enemis

Juros é taxa cobrada
Aqui basta uma chamada para pressionar o karma
Já não me encontras no after hours
bem-vindo á zona vip bitch vem contar as bottles

Se achas que o que o Kappa faz é q fácil easy go
Ligaste? estava ocupado tenho andado um beca busy bro
Achas que bundas são assédio ou vão dar shine ao show
Não confundas uma mulher a sério com uma pretty hoe

Trancaram me porta jumpei o muro
Se não apanhas te o Kappa no bairro tenta-me em tour
No Virus vi o futuro
Jony vou concretizar o que sonhamos em miúdos

Então aumenta o volume, aumenta o volume
Ouve o Kappa na radio, homie aumenta o volume
Dá-me o Grinder da me o lume
Dá-me o Grinder da me o lume

Reis põe no rider camarim com chaminé
Estou num Safari com linces e jacarés
A ver leões ao fight com chimpanzés
Piranhas e tubarões circulam nas mesmas marés

——————————————-
Mami eles achavam que estávamos a brincar
Na rua a correr riscos para vingar
E mano a mano a emboscar Money Money vim buscar
Mami eles achavam que estávamos a brincar
Na rua a correr riscos para vingar
E mano a mano a emboscar Money Money vim buscar
Pôr os kids a brindar
Pôr os kids a brindar
Pôr os kids a brindar
Pôr os kids a brindar
———————————————-
Vou vivendo e movendo o que eu vendo basta
Até vermos pasta
Para ter a Prada comprada
para dama isso basta
Para ter uma casa bancada
Para mami ir de Mazda
Para bancar os tropas topas
Trocas de guito gastas
Porque ka ta papa
No que toca a páca
O papá esta cá pataca

Vou fazer tudo para que isto bata
No estúdio com o Kappa
Á espera que o para que isto bata

Tamos a partir beats grave
No estúdio com cenário á espera que uma Bitch grave
Yo Kappa manda um grito grave
E se já tou um bit parvo
Mete ai um pitch bravo

E se a Mona passa
Eu não estou com a mão na passa
Estou com a mão na massa
Maço no bolso e uma moça basta
Ou com uma bolsa gasta
Compara não pára de estar a
Cantar encarar a cara
Cantar e contar o que a bolsa gasta

Achavam que estávamos a brincar
Vim a procura do que eu quero
Meter a turma no caderno e por os kids a brindar

Mostrar a Tuga como é feito
Levar linha c no peito
Ate me ouvirem a gritar
Ate me ouvirem a gritar
Ate me ouvirem a gritar
Ate me ouvirem a gritar
——————————————-
Mami eles achavam que estávamos a brincar
Na rua a correr riscos para vingar
E mano a mano a emboscar Money Money vim buscar
Mami eles achavam que estávamos a brincar
Na rua a correr riscos para vingar
E mano a mano a emboscar Money Money vim buscar
Pôr os kids a brindar
Pôr os kids a brindar
Pôr os kids a brindar
Pôr os kids a brindar
———————————————-